Wednesday, September 3, 2008

Na terra dos sonhos


Estava eu muito bem na terra dos sonhos, quando sou acordada de uma maneira minimamente horrível:

-1,2,3,4,5,6,7,8,9,10.


Como se fosse pouco acordar a ouvir números, quem estava a contar era uma criança com uma voz extremamente irritante.

Mal ouvi a sua vozinha deu me longo vontade de lhe dar uma estalada. Quem é que pensava que era para estar aos gritos àquela hora da manhã?!

Tudo bem já eram 10 e tal mas eu quero lá saber, estou de férias, já não se pode dormir até tarde quando se está de férias?!

E enquanto eu pensava nisto tudo, a miúda (pela voz fininha devia ser uma rapariga) continuava com a sua vozinha alegre e IRRITANTE:

-1,2,3,4,5,6,7,8,9,10.

E não se calava com aquilo, deve ter contado umas 5 vezes até 10! Calculo que não sabia contar mais a partir daí ou então eu é que já estava a ter ilusões sonoras.

Ainda pensei que ela poderia estar a jogar às escondidas. Até que ouviu-se um grito:


-Papááá!!!


E eu só gritava para mim mesma:

-Eu não acredito nisto!!!!

E mais uma vez:

-Papáááá!!!

Não sei porque só ouvia a sua voz e não ouvia a de mais ninguém, até parecia que estava a falar sozinha.

Depois como se não chegasse começou a correr, e corria, corria…

Eu na minha caminha já estava prestes a dar um grito! Tipo:


- 11,12,13,14,15,16,17,18,19,20. Cala te e pára quieta!!!!

Depois subitamente parei de ouvir passos, e também já não ouvia gritos.

Eu toda contente virei-me para o lado.

Passou uns minutos e eu levantei-me.

Já não consegui dormir! Depois de tanto barulho, o sono foi-se.

Mas o mais “engraçado” é que a miúda continua na casa ao lado e teve calada o dia todo! Nem um número, nem um papá, nada!

Mas calma que não acaba aqui.

No dia seguinte exactamente às 9,39:

-Papáaaaaaaaaaaaaaaaaaa!!! Papáaaa! Papá!! Papá!!


Parecia um disco riscado e eu pensava cá para mim:

-Aquela miúda adora-me!

Levantei-me e pronto! Até parece que o raio da miúda me esta a preparar para a escola, levantar cedo e com o raio do despertador a tocar! Só que em vez de o despertador dizer "Acorda! Acorda!" diz "Papá! Papá!" -.-

Costuma-se dizer que as crianças são o melhor do mundo…Desculpa? Só se for á tarde!

6 comments:

dτρ said...

uhuh sou o primeiro :D

num sei se eh da tua autoria ou não .. mas se é .. está muito bem elaborado .. e concordo plenamente xD
se num eh .. parabens pra quem escreveu e obrigado por partilhares =)

continua assim ^^

beijinho =*

dτρ said...

lool ..
sempre me expressei melhor em ingles .. não me perguntes pq porque eu nao sei x)

quanto ao teu texto .. ta mesmo giro =)~

beijinho

inêss p. said...

UAU, que originalidade, meu deus.
realmente, deve ter sido irritante, ma schegaste a descobrir pq e q ela gritava? :P

Melgas said...

tadinha de ti ana...
ja sei kuando tiveres sono durante as aulas vou comecar a contar ate 10 e depois digo papá.. o k axas?
xD
tou na brinca...

agora e a serio gosto do texto ta bem escrito ;)
tens mt jeito...

parabens pelo teu dom

barbiedoll said...

Há que reconhecer que as crianças conseguem ser muito irritantes. Deixa lá, que eu ontem à tarde adormeci no sofá e acordei com o meu primo a chorar. Também não foi nada agradável...

Tiago said...

oh Ana...coitadita da criança...xD

Adorei a última frase: "Costuma-se dizer que as crianças são o melhor do mundo…Desculpa? Só se for á tarde!"...

Está genial...xD...apesar de eu adorar crianças...como ando nos escuteiros sempre me dei com crianças mais novos e este ano vou ajudar a tomar conta dos mais pequenos ^^.

bjoes

Ajudar não é difícil!

Share food, change lives

Black Pixel

Total Pageviews

Shelfari, os livros que já li =)

Followers

=D

=D

Obrigada Kuka ^^

Obrigada Diana! =D

Obrigada Diana! =D

Blogs

About Me

My photo
"...o meu coração é uma floresta cheia de nevoeiro - guarda tudo e não encontra nada. Sou uma recordadora profissional. Vivo de recordações, mesmo daquilo que ainda não fiz.E repito infinitamente os mesmos truques. Iludo-me. Penso sempre que amanhã é que vai ser. Desenvolvi um erotismo futurista: deleito me com o puro prazer dos meus sonhos.De certa maneira, já vivi tudo, porque em sonhos consigo projectar-me inteira nos corpos, nos sentimentos e nas experiências dos outros. Tenho uma capacidade estereofónica; posso ter ao mesmo tempo cem e dezoito anos. O que é um cansaço..." IP